Como sua empresa pode se adaptar ao meio digital

Como adaptar sua empresa ao meio digital

Como sua empresa pode se adaptar ao meio digital

O isolamento social causado pela pandemia do Covid-19 trouxe diversos impactos para a economia no Brasil. Com isso, diversas empresas precisaram se reinventar para passar por essa crise, até mesmo se utilizando de e-commerce. Entenda nesse post como adaptar sua empresa ao meio digital.

De acordo com o Serasa Experian houve uma queda de 16,2% na atividade comercial somente no mês de março, lembrando que o isolamento só se iniciou em boa parte do estado entre os dias 15 e 17 de março de 2020. Ou seja, mesmo com os primeiros 15 dias do mês com o comércio operando normalmente, houve um índice de diminuição gigante que foi recorde desde os anos 2000.

Dessa forma, com o alongamento do isolamento social, as empresas receberam o empurrão que precisavam para entrar de vez no meio digital. Nesse sentido, antes mesmo da pandemia as empresas já estavam apostando fortemente na internet como forma de expansão.

Contudo, antigamente era uma opção da empresa, podendo se manter apenas com crescimento no meio físico. Porém agora é praticamente uma obrigação começar a adentrar dentro do meio digital para que a organização não tenha perdas de grande volume.

Confira nesse post como estar realizando essa adaptação!

 

1. Tenha em mente que abrirá um novo negócio  

 

Pode parecer estranho, mas é exatamente isso, pois mesmo que a organização tenha meios de comunicação pelas mídias sociais, isso não significa necessariamente que ela está adaptada para entrar no meio digital. Então, na realidade, ter contato com as redes sociais no mercado atual é um dos requisitos mínimos para a operação de uma empresa. Em suma, o gestor deve ter em mente que a lógica para vender online é completamente diferente de vender fisicamente. 

Para entender melhor a importância de analisar o mercado, clique aqui e confira esse outro post do nosso blog!

 

2. Planeje a entrada da empresa no meio digital  

 

Esse é o momento de fazer diversas reflexões e iniciar o pensamento de como vai ser a empresa digitalmente. Qual plataforma será usada? Será gratuita ou paga? Tem capital suficiente para o investimento? Se não, quais meios serão usados para adquirir? Seus funcionários tem capacitação para atuar digitalmente? A empresa tem redes sociais? Se sim, como podem ser usados os esforços para melhoria do seu crescimento digitalmente? É uma série de indagações que vão criando um esquema de passo a passo a ser seguido.

 

 

3. Estude para se reinventar 

 

Querendo ou não, o meio digital será um território novo, onde podem ser encontrados novos players, jogadas de marketing diferentes, formas de avaliar o público alvo. Logo, tudo isso será muito novo, e será bastante informação que deverá ser analisada em um curto período de tempo. Portanto, os gestores, assim como os funcionários da empresa devem procurar sempre o funcionamento do meio digital para conseguir se adaptar a realidade da empresa.


Fale com um de nossos consultores!

Metodologia OKR em vendas

okr em vendas

Metodologia OKR em vendas

O sucesso de uma equipe de vendas é, geralmente, atribuído a metas, comissões e uma equipe que se motive com elas. Aqui, veremos como a metodologia  OKR em vendas pode ser utilizada para melhorar os resultados de uma companhia.

A metodologia OKR foi popularizada nas últimas décadas graças ao seu sucesso em grandes empresas do mundo, como Google e Intel. Visto que, o OKR serve para que haja a interpretação da estratégia por parte das áreas. Fazendo que estas entendam como agir para melhorar o desempenho total da empresa.

Assim, a interpretação ocorre em forma de indicadores e metas destrinchadas para todas as equipes. 

O diferencial dessa metodologia se dá em algumas ordens primordiais:

1. Torne claros os objetivos dos OKRs em vendas repassados aos colaboradores de todos os níveis

As metas, no OKR, aparecem em forma de objetivos e esses objetivos são compostos por resultados-chave. Os resultados-chave são os objetivos do colaborador que está no nível abaixo.

Então, se por exemplo, o setor comercial possui quatro vendedores e o objetivo do gerente comercial é conquistar um faturamento de R$ 60.000 reais, ele pode compor esse valor com quatro resultados-chave (um para cada vendedor). Portanto, com o título “Conquistar um faturamento de R$ 15.000”, as metas ficam mais claras.

Para melhor entender como reavaliar sua estratégia e as metas que sua empresa almeja alcançar, clique aqui e confira outro post do nosso site.

2. Estabeleça metas ousadas para os OKRs

Não pressuponha que você irá atingir todas as suas metas, escolhe um valor que irá desafiar sua equipe a dar o melhor de si. No entanto, o exagero pode causar desmotivação do time por haver metas inalcançáveis.

Como por exemplo, a Google, empresa gigante no mercado internacional, pressupõe que se a empresa alcançar 70% de suas metas, cumpriu bem o seu papel. Isso põe os pés da equipe no chão sem retirar o desafio que ela sente ao olhar para a meta em seu composto total.

3. Divulgue as metas de vendas

A ideia aqui é tornar todos da equipe e da empresa engajados na busca pelo resultado, de forma que todas as pessoas saibam as metas. Logo, fazendo que todos possam acompanhar o resultado constantemente. Dessa maneira, todos se motivam a atingir os seus próprios resultados para não ficar para trás e atrapalhar o grupo.

4. Não recompense os seus colaboradores olhando apenas para os números das vendas

A metodologia prega que, se seus funcionários entendem a importância de alcançar os objetivos da empresa, não se prenderão a metas e buscarão dar o melhor resultado possível. Dessa forma, indo além da busca pela comissão na sua tomada de decisões.

Logo, imagine que João alcançou uma meta fácil e que não demandou um ótimo desempenho. Enquanto Maria alcançou apenas 80% de uma meta desafiadora e que dificilmente outro colaborador alcançaria. Qual dos dois mereceria o maior bônus? Provavelmente Maria, não é?

Considerando isso, a remuneração variável deve ocorrer considerando o rendimento do colaborador por completo. E assim, não o resumindo em um simples número.

Saiba como se utilizar de mais metodologias e impulsionar suas vendas falando com um de nossos consultores:

 

Como reavaliar a estratégia da sua empresa no cenário de reabertura da economia

Como reavaliar a estratégia da sua empresa no cenário de reabertura da economia

Como reavaliar a estratégia da sua empresa no cenário de reabertura da economia

É de conhecimento público que o cenário econômico atual do Brasil se encontrava em crescimento gradual. Contudo, com a pandemia causada pelo vírus Covid-19 o cenário se modificou rapidamente o que fez com que a economia voltasse a declinar. Visto esse cenário, o mercado precisou reabrir, sendo necessário reavaliar a estratégia das empresa.

De acordo com o SEBRAE mais de 9 milhões de funcionários foram demitidos e 600 mil micros e médio empresas fecharam suas portas durante essa pandemia. Então, as empresas que ainda estão de portas abertas necessitam reavaliar sua estrutura organizacional e principalmente sua estratégia para conseguir se manter firme no mercado.

Logo, é necessário, ao reavaliar a estratégia da sua empresa na reabertura da economia:

1. Entender seu público pós reabertura da economia

Isso se faz necessário pois é facilmente notável que diversos pensamentos foram reavaliadas pelas pessoas nesse tempo de isolamento social. Logo, a forma como elas podem visualizar seu produto ou serviço provavelmente não é a mesma visualização antes da pandemia. Então se faz necessário uma pesquisa de mercado com o seu público para entender se ele ainda é o mesmo. Além de perceber quais suas necessidades, seus desejos e empecilhos para então entender como sua estratégia se porta ao mercado.

2. Avaliar profundamente a estratégia antes da pandemia

Ao se ter entendido o seu público alvo e como está o mercado que você está inserido, é  momento de fazer uma avaliação extremamente crítica da estratégia de sua empresa antes do isolamento social. Então deve-se entender como ela estava fazendo sua empresa se desenvolver economicamente e como eram as projeções de crescimento futuras. Isso é necessário para entender se a estratégia da empresa já não era mais viável antes mesmo de todas essas mudanças.

3. Reavaliar a estratégia no cenário atual

Nesse ponto, é necessário ver se a estratégia da empresa irá coincidir com os desejos do público alvo da organização, se com a estratégia vigente os empecilhos dos clientes serão solucionados, pois lembrando que a empresa sempre deve estar alinhada com as necessidades do seu público alvo. Feito isso é necessário ver como a estratégia irá fazer com que a organização consiga contornar ou mitigar os problemas que a reabertura da economia vai trazer consigo, como as mudanças no ponto de vista social. 

Por fim a partir da validação ou reestruturação da estratégia novos planos de ações devem ser traçados nas áreas da empresa. Para que, afinal, a empresa consiga se sobressair desse momento e ir contra as previsões do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi) que prevê um crescimento das empresas extremamente lento durante o período pós pandemia.

Saiba como reavaliar sua estratégia falando com um de nossos consultores: