Marcas fortes no mercado e suas estratégias

Marcas fortes no mercado: estratégias utilizadas

Você conhece as marcas mais fortes do mercado e do mundo?

Servindo de inspiração, essas empresas vêm se destacando no mercado e gerando uma certa curiosidade sobre os segredos estratégicos para tamanho sucesso.

Desse modo, é evidente que essas marcas fortes do mercado têm muito o que ensinar às demais empresas em evolução e que sonham um dia assumir tal patamar. 

Marcas fortes no mercado: quais se destacam

Confira algumas das marcas mais importantes da atualidade e  seus os impressionantes resultados que  faturam ao longo do tempo: 

  • AMAZON

A princípio, a empresa ,comandada por Jeff Bezos, surgiu como um vendedor de livros online, inovando ao passar dos anos, e se transformou no maior empreendimento online do mundo.

Em 2021, assumiu a primeira posição no ranking de varejo mundial, registrando lucro líquido de US $7,8 bilhões no segundo trimestre de 2021.

  • APPLE

Outrossim,  a apple é avaliada em US$146,3 bilhões. Tornando-se a marca mais famosa do mundo, fundada Steve Jobs e Steve Wozniak, e se destaca no mercado graças a seus produtos inovadores e altamente desejados, demonstrando todo o poder e potencial do setor de tecnologia.

  • DISNEY

Na sequência, temos a The Walt Disney Company, que foi fundada pelos irmãos Walt Disney e Roy Oliver Disney.

De início, a empresa nasceu como pioneira no mercado de animação e ao longo das décadas ampliou sua participação na indústria, tornando-se, assim, a gigante do entretenimento que todos conhecem, e ampliou os negócios para o teatro, os parques temáticos, a música, o rádio e a mídia online.

  • GOOGLE

O Google é uma empresa multinacional de serviços online e de software dos Estados Unidos, assim, tem a missão declarada da empresa desde de sua fundação, que é: “Organizar a informação mundial e torná-la universalmente acessível e útil”.

Segundo a Alphabet, controladora do Google, no primeiro trimestre de 2021 a gigante registrou receita de US$ 55,3 bilhões.

  • COCA-COLA

Por fim, a empresa multinacional estadunidense, fabricante e comerciante de bebidas não alcoólicas e concentrados de xaropes, não fica para trás como uma das maiores marcas do mercado.

Sendo mais conhecida pelo seu produto Coca-Cola, oferece atualmente mais de 500 marcas em cerca de 200 países e serve 1,7 bilhão de doses por dia, sendo o Brasil o quarto maior consumidor de produtos Coca-Cola no mundo.

Estratégias em comum que utilizam

Com isso, percebe-se a história engrandecedora das mais renomadas marcas da indústria e o seu forte objetivo em perseverar, sendo capazes até de adaptar suas estratégias empresariais para a transformação digital.

Portanto, veja agora três estratégias em comum que fizeram e, ainda, fazem o crescimento diário dessas empresas atingirem resultados notáveis no mercado:

Branding constante

Inicialmente, o branding surge como o conjunto de ações alinhadas ao posicionamento, propósito e valores da marca.

Assim, tem como objetivo despertar sensações e criar conexões conscientes e inconscientes.

Nesse sentido, podemos dizer que um branding mais conciso leva à criação de uma marca sólida e forte.

Diante disso, toda marca forte apresenta por trás um eficiente gerenciamento, pois o objetivo é assegurar que todos seus stakeholders entendam o seu posicionamento, de aumentar sua relevância no mercado, de potencializar sua visibilidade e de fazer com que sua empresa tenha uma boa reputação com seu público.

Desse modo constrói uma imagem com um grande diferencial competitivo.

Atualmente, o que constrói a solidez que as organizações buscam para suas marcas é a recorrência no de elementos como:

  • Tom de voz da marca
  • Valor ao produto
  • Elementos gráficos que compõem a identidade
  • Usa de slogans
  • Aplicação dos valores da empresa nas ações e nas campanhas

 

Marketing

Em seguida, cabe a utilização estruturada do marketing, que é mais do que simplesmente divulgar produtos ou ideias, para fazer a construção e manutenção da imagem da empresa.

Dessa forma, é necessário o aprofundamento nos variados modos de operar o recurso, que são:

  • Marketing Emocional: Proporciona uma oferta de sentimentos e emoções. A partir dessa técnica, as emoções deixam com a vontade de consumir aquele produto,  deixando de lado o racional. Ademais, em alguns períodos do ano, essa estratégia tende a ser mais utilizada, como na época do Natal e Dia das Mães.
  • Marketing de Conteúdo:  É a estratégia mais utilizada hoje em dia, pois tem o objetivo de atrair clientes, por meio da criação de conteúdo relevante, ou seja, o principal propósito do marketing de conteúdo é engajar e crescer a rede de clientes. Apoiado nisso, é uma estratégia que serve para aumentar a visibilidade da marca e a interação com os consumidores, nutrir a base de leads, reduzir os custos de aquisição de clientes (CAC), ganhar confiança do público e até mesmo para melhorar a experiência pós-venda.
  • Marketing de Experiência: Todo o processo de contato com a marca precisa ser trabalhada, oferecendo uma experiência única e memorável para cada pessoa. A meta não é vender apenas o produto ou serviço, e sim tornar aquela experiência inesquecível.

 

Efeito de rede

Tal estratégia afirma que um bem ou serviço se torna mais valioso quando mais pessoas o utilizam.

Diante disso, quando o efeito de rede estiver presente, o valor de um produto ou serviço depende do número de utilizações de outras pessoas.

Assim, temos como principal exemplo o funcionamento das redes sociais, com sites como Twitter, Facebook, Instagram, TikTok, tornando-se mais úteis quantos mais utilizadores aderirem.

 

Precisa de ajuda para elaborar uma estratégia de marketing para a sua empresa? Fale com um de nossos consultores!