O que é estudo de viabilidade e suas principais etapas

Em algumas situações, é necessário que tomemos riscos para conseguir o esperado êxito, principalmente o desejo é de começar um novo empreendimento.

Entretanto, para isso, existem pesquisas e análises que podem prever esses riscos e pontuar os pontos negativos e positivos daquela decisão, importante para o esclarecimento de dúvidas, o estudo de viabilidade cumpre exatamente esse papel para a gestão.

 

Principais etapas

 

Para que seja realizado de forma correta e efetiva, é preciso que algumas etapas ocorram e para isso, é importante que existam dados como quantidade demandada e o que os clientes preferem, logo, é essencial que seja feita uma análise de mercado e também uma análise SWOT.

 

1.Projeção de receitas.

 

É a estimação do faturamento de um negócio, a capacidade de gerar receita, assim, posso comparar com outras ideias de empreendimento ou investimento fazendo uma previsão de vendas e despesas e levando em conta cenários diversos.

 

2.Projeção de custos, despesas e investimentos.

 

Para ir de acordo com a realidade, devem existir custos, despesas e investimentos que justifiquem a sua projeção de receitas. Ou seja, estão relacionados, e ambos precisam ser organizados com o mesmo padrão.

 

3.Projeção dos fluxos de caixa.

 

O fluxo de caixa é o dinheiro que entra e sai da empresa diariamente.

Logo, a projeção de fluxo de caixa é a estimativa do processo futuro desse caixa, é preciso de dados como vendas, prazos de pagamentos e gastos.

 

4.Análise de Indicadores.

 

Após a projeção do fluxo de caixa, a próxima etapa é a análise dos indicadores. 

É um processo do mercado financeiro que consiste em avaliar os principais pontos que envolvem um balanço financeiro. 

Através dele, possibilita-se ter uma análise dos benefícios e malefícios de um investimento em que está envolvido, alguns desses indicadores são: retorno sobre o investimento (ROI) e índice de cobertura de juros (ICJ).

 

Vantagens de realizar o estudo de viabilidade

 

Uma das principais vantagens é a geração de uma projeção mais objetiva da empresa.

Assim, possibilitará o acompanhamento do momento em que o os valores começarão a arrecadar, como os de Taxa de Retorno (TIR) do investimento realizado, entre outros.

Dessa forma, com os dados necessários, pode-se acompanhar vários pontos fundamentais para a os resultados esperados terem êxito.

Tudo isso auxilia para a minimização de erros, evitando prejuízos e para ter uma maior noção de como investir, contribuir para o crescimento do negócio.

 

 

Precisa de ajuda para entender mais sobre como aplicar esse conteúdo em sua empresa? Fale com um de nossos consultores! 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.