Por que e como definir seu público alvo na reabertura do comércio

porque e como definir seu público alvo

Por que e como definir seu público alvo na reabertura do comércio

As mudanças ocorridas em muitas empresas na forma de entregar seus produtos e serviços devido ao cenário de um comércio físico praticamente inviável sucedeu, na maior parte dos casos, em mudança do público que consumia. Em parte, isso se dá por conta de os gestores não verem porque e nem como definir seu público alvo, principalmente na reabertura do comércio.

Por exemplo, um restaurante que atendia exclusivamente presencialmente e passou a entrar no mercado de delivery, teve de se esforçar para alcançar um público maior, menos local e sair da sua zona de conforto. Essa mudança nem sempre (quase nunca) é tão fácil quanto parece, uma vez que a definição concreta de um público alvo pode trazer diversos benefícios, como:

  • Saber exatamente que tipo de campanhas devem ser feitas: se seu público não se concentra em uma região específica, a panfletagem pode não ser ideal. Caso ele tenha idade mais avançada, as campanhas por mídias sociais não farão tanto sentido. O não conhecimento do público pode fazer com que dinheiro e tempo sejam desperdiçados atacando o objetivo de forma equivocada.
  • Possíveis melhorias no produto ou serviço prestado: é possível identificar o que seu público alvo mais valoriza, o que para ele é irrelevante, quais são seus principais problemas e o que ele mais deseja alcançar quando compra seu produto. Tendo esse conhecimento, se torna muito mais claro onde a empresa deve se concentrar para melhorar.
  • Utilizar a linguagem adequada na comunicação e marketing: ao conhecer seu público alvo você garante que está se comunicando da melhor maneira, nem mais popular e nem mais culto do que o ideal para satisfazer os seus clientes.

Agora que você já entendeu o porque definir seu público alvo, pode estar se perguntando como fazer isso. É o que abordaremos nos 5 passos abaixo, para que você saiba como se posicionar nessa reabertura de comércio.

1. Conheça sua empresa

É de suma importância identificar o que a empresa vende, qual valor ela agrega as pessoas e como ela se comporta perante aos concorrentes.

2. Busque informações sobre o seu mercado e o comércio

Este ponto diz respeito a identificar se o seu mercado está em crescimento, se ele tende a crescer ou a decrescer no futuro e quem são os seus concorrentes, entendendo o que eles oferecem.

Para melhor entender como analisar o mercado, clique aqui para conferir nosso post referente à análise de mercado.

3. Conheça os seus atuais clientes

Essas informações podem ser feitas através de entrevistas com as pessoas que já compram seus produtos. É ideal, para lidar com clientes da empresa, que se tenha uma abordagem agradável.

4. Identifique qual o seu cliente ideal (ICP)

Além de conhecer as pessoas que já se tornaram seus clientes, é importante identificar e buscar informações sobre aquelas que você gostaria que fossem seus clientes. A junção do perfil do cliente ideal com o perfil dos clientes que a empresa já dispõe pode ser definida como o público alvo.

5. Coloque a mão na massa (definir e implementar)

Por fim, de nada adiantaria ter todo esse conhecimento e não aplicá-lo no marketing da empresa para efetivamente atrair mais pessoas. No último passo, a empresa deve concentrar seus esforços naquilo que mais atrai o seu perfil de cliente ideal e seus atuais clientes. Você pode se perguntar se, com essa concentração, uma parte do público que poderia se tornar cliente pode ser deixada de fora. Sim, é verdade, mas aqui estamos buscando resultado, se uma pessoa está fora do seu público alvo, é porque a probabilidade de ela se tornar seu cliente é muito menor. Concentrando dinheiro e tempo no alvo certo, o resultado virá de forma muito mais rápida e precisa.

Como vimos, o público alvo se trata de um grupo de pessoas que possuem maior disposição a comprar determinados produtos dadas suas características pessoais.

A ADM Soluções se dispõe a auxiliar aquelas pessoas que buscam uma forma assertiva de definir seu público alvo. Você pode entender mais clicando aqui para realizar um diagnóstico gratuito.

Como sua empresa pode se adaptar ao meio digital

Como adaptar sua empresa ao meio digital

Como sua empresa pode se adaptar ao meio digital

O isolamento social causado pela pandemia do Covid-19 trouxe diversos impactos para a economia no Brasil. Com isso, diversas empresas precisaram se reinventar para passar por essa crise, até mesmo se utilizando de e-commerce. Entenda nesse post como adaptar sua empresa ao meio digital.

De acordo com o Serasa Experian houve uma queda de 16,2% na atividade comercial somente no mês de março, lembrando que o isolamento só se iniciou em boa parte do estado entre os dias 15 e 17 de março de 2020. Ou seja, mesmo com os primeiros 15 dias do mês com o comércio operando normalmente, houve um índice de diminuição gigante que foi recorde desde os anos 2000.

Dessa forma, com o alongamento do isolamento social, as empresas receberam o empurrão que precisavam para entrar de vez no meio digital. Nesse sentido, antes mesmo da pandemia as empresas já estavam apostando fortemente na internet como forma de expansão.

Contudo, antigamente era uma opção da empresa, podendo se manter apenas com crescimento no meio físico. Porém agora é praticamente uma obrigação começar a adentrar dentro do meio digital para que a organização não tenha perdas de grande volume.

Confira nesse post como estar realizando essa adaptação!

 

1. Tenha em mente que abrirá um novo negócio  

 

Pode parecer estranho, mas é exatamente isso, pois mesmo que a organização tenha meios de comunicação pelas mídias sociais, isso não significa necessariamente que ela está adaptada para entrar no meio digital. Então, na realidade, ter contato com as redes sociais no mercado atual é um dos requisitos mínimos para a operação de uma empresa. Em suma, o gestor deve ter em mente que a lógica para vender online é completamente diferente de vender fisicamente. 

Para entender melhor a importância de analisar o mercado, clique aqui e confira esse outro post do nosso blog!

 

2. Planeje a entrada da empresa no meio digital  

 

Esse é o momento de fazer diversas reflexões e iniciar o pensamento de como vai ser a empresa digitalmente. Qual plataforma será usada? Será gratuita ou paga? Tem capital suficiente para o investimento? Se não, quais meios serão usados para adquirir? Seus funcionários tem capacitação para atuar digitalmente? A empresa tem redes sociais? Se sim, como podem ser usados os esforços para melhoria do seu crescimento digitalmente? É uma série de indagações que vão criando um esquema de passo a passo a ser seguido.

 

 

3. Estude para se reinventar 

 

Querendo ou não, o meio digital será um território novo, onde podem ser encontrados novos players, jogadas de marketing diferentes, formas de avaliar o público alvo. Logo, tudo isso será muito novo, e será bastante informação que deverá ser analisada em um curto período de tempo. Portanto, os gestores, assim como os funcionários da empresa devem procurar sempre o funcionamento do meio digital para conseguir se adaptar a realidade da empresa.


Fale com um de nossos consultores!

Metodologia OKR em vendas

okr em vendas

Metodologia OKR em vendas

O sucesso de uma equipe de vendas é, geralmente, atribuído a metas, comissões e uma equipe que se motive com elas. Aqui, veremos como a metodologia  OKR em vendas pode ser utilizada para melhorar os resultados de uma companhia.

A metodologia OKR foi popularizada nas últimas décadas graças ao seu sucesso em grandes empresas do mundo, como Google e Intel. Visto que, o OKR serve para que haja a interpretação da estratégia por parte das áreas. Fazendo que estas entendam como agir para melhorar o desempenho total da empresa.

Assim, a interpretação ocorre em forma de indicadores e metas destrinchadas para todas as equipes. 

O diferencial dessa metodologia se dá em algumas ordens primordiais:

1. Torne claros os objetivos dos OKRs em vendas repassados aos colaboradores de todos os níveis

As metas, no OKR, aparecem em forma de objetivos e esses objetivos são compostos por resultados-chave. Os resultados-chave são os objetivos do colaborador que está no nível abaixo.

Então, se por exemplo, o setor comercial possui quatro vendedores e o objetivo do gerente comercial é conquistar um faturamento de R$ 60.000 reais, ele pode compor esse valor com quatro resultados-chave (um para cada vendedor). Portanto, com o título “Conquistar um faturamento de R$ 15.000”, as metas ficam mais claras.

Para melhor entender como reavaliar sua estratégia e as metas que sua empresa almeja alcançar, clique aqui e confira outro post do nosso site.

2. Estabeleça metas ousadas para os OKRs

Não pressuponha que você irá atingir todas as suas metas, escolhe um valor que irá desafiar sua equipe a dar o melhor de si. No entanto, o exagero pode causar desmotivação do time por haver metas inalcançáveis.

Como por exemplo, a Google, empresa gigante no mercado internacional, pressupõe que se a empresa alcançar 70% de suas metas, cumpriu bem o seu papel. Isso põe os pés da equipe no chão sem retirar o desafio que ela sente ao olhar para a meta em seu composto total.

3. Divulgue as metas de vendas

A ideia aqui é tornar todos da equipe e da empresa engajados na busca pelo resultado, de forma que todas as pessoas saibam as metas. Logo, fazendo que todos possam acompanhar o resultado constantemente. Dessa maneira, todos se motivam a atingir os seus próprios resultados para não ficar para trás e atrapalhar o grupo.

4. Não recompense os seus colaboradores olhando apenas para os números das vendas

A metodologia prega que, se seus funcionários entendem a importância de alcançar os objetivos da empresa, não se prenderão a metas e buscarão dar o melhor resultado possível. Dessa forma, indo além da busca pela comissão na sua tomada de decisões.

Logo, imagine que João alcançou uma meta fácil e que não demandou um ótimo desempenho. Enquanto Maria alcançou apenas 80% de uma meta desafiadora e que dificilmente outro colaborador alcançaria. Qual dos dois mereceria o maior bônus? Provavelmente Maria, não é?

Considerando isso, a remuneração variável deve ocorrer considerando o rendimento do colaborador por completo. E assim, não o resumindo em um simples número.

Saiba como se utilizar de mais metodologias e impulsionar suas vendas falando com um de nossos consultores:

 

Como reavaliar a estratégia da sua empresa no cenário de reabertura da economia

Como reavaliar a estratégia da sua empresa no cenário de reabertura da economia

Como reavaliar a estratégia da sua empresa no cenário de reabertura da economia

É de conhecimento público que o cenário econômico atual do Brasil se encontrava em crescimento gradual. Contudo, com a pandemia causada pelo vírus Covid-19 o cenário se modificou rapidamente o que fez com que a economia voltasse a declinar. Visto esse cenário, o mercado precisou reabrir, sendo necessário reavaliar a estratégia das empresa.

De acordo com o SEBRAE mais de 9 milhões de funcionários foram demitidos e 600 mil micros e médio empresas fecharam suas portas durante essa pandemia. Então, as empresas que ainda estão de portas abertas necessitam reavaliar sua estrutura organizacional e principalmente sua estratégia para conseguir se manter firme no mercado.

Logo, é necessário, ao reavaliar a estratégia da sua empresa na reabertura da economia:

1. Entender seu público pós reabertura da economia

Isso se faz necessário pois é facilmente notável que diversos pensamentos foram reavaliadas pelas pessoas nesse tempo de isolamento social. Logo, a forma como elas podem visualizar seu produto ou serviço provavelmente não é a mesma visualização antes da pandemia. Então se faz necessário uma pesquisa de mercado com o seu público para entender se ele ainda é o mesmo. Além de perceber quais suas necessidades, seus desejos e empecilhos para então entender como sua estratégia se porta ao mercado.

2. Avaliar profundamente a estratégia antes da pandemia

Ao se ter entendido o seu público alvo e como está o mercado que você está inserido, é  momento de fazer uma avaliação extremamente crítica da estratégia de sua empresa antes do isolamento social. Então deve-se entender como ela estava fazendo sua empresa se desenvolver economicamente e como eram as projeções de crescimento futuras. Isso é necessário para entender se a estratégia da empresa já não era mais viável antes mesmo de todas essas mudanças.

3. Reavaliar a estratégia no cenário atual

Nesse ponto, é necessário ver se a estratégia da empresa irá coincidir com os desejos do público alvo da organização, se com a estratégia vigente os empecilhos dos clientes serão solucionados, pois lembrando que a empresa sempre deve estar alinhada com as necessidades do seu público alvo. Feito isso é necessário ver como a estratégia irá fazer com que a organização consiga contornar ou mitigar os problemas que a reabertura da economia vai trazer consigo, como as mudanças no ponto de vista social. 

Por fim a partir da validação ou reestruturação da estratégia novos planos de ações devem ser traçados nas áreas da empresa. Para que, afinal, a empresa consiga se sobressair desse momento e ir contra as previsões do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi) que prevê um crescimento das empresas extremamente lento durante o período pós pandemia.

Saiba como reavaliar sua estratégia falando com um de nossos consultores:  

A importância de analisar o mercado

A importância de analisar o mercado

Analisar o mercado significa ter informações complexas e estruturadas sobre o ambiente em que a sua empresa está inserida. Principalmente sobre como ela está atuando no ramo, quem são seus concorrentes, como as decisões dos gestores podem afetar internamente, e se isso trará sucesso ou fracasso para o empreendimento. Esta análise do mercado irá fornecer para o gestor qual segmento é mais interessante e produtivo para a sua organização, pois ele terá um embasamento de dados e informações assertivas. Isto é, uma visão específica do ambiente externo da empresa, fazendo com que o gestor possa perceber e detectar os atuais riscos, e os riscos futuros quando tomar suas decisões em busca de expansão.

Objetivos de uma análise de mercado

O objetivo principal para analisar o mercado é compreendê-lo, e verificar em que cenário está inserido para melhor captar as oportunidades que ele oferece. Isso diminui a taxa de risco nas decisões com base em dados e em informações mais assertivas. Assim, estar inserido no mercado significa que as empresas sempre vão lidar diariamente com situações que necessitam de uma decisão embasada em dados seguros, para que se tenha uma melhor possibilidade de sucesso. Por isto, uma boa análise de mercado além fornecer uma compreensão melhor do ramo atual da organização, irá proporcionar uma possibilidade de antecipar oportunidades e então se preparar para conseguir captá-las e usá-las a seu favor para aumentar seus lucros e prevenir ou minimizar possíveis prejuízos causados por uma decisão importante como a de lançar ou não um novo produto no mercado.

Execução da análise de mercado

Uma análise bem aprofundada vai fazer com que a empresa tenha um olhar macro de onde ela deseja atuar. Com isso, deve-se tratar de um processo para determinar fatores, condições e características do mercado. Nesse processo a matriz SWOT é muito utilizada. Se trata de uma técnica que vai ajudar a empresa a reconhecer os pontos fortes e fracos, que são internos, e suas oportunidades e ameaças, que são externos e como esses pontos podem auxiliar o seu desenvolvimento nos pontos fortes e como os pontos fracos estão retardando o seu crescimento. A finalidade disso é poder analisar como os pontos fortes podem ser usados para resolver ou minimizar os impactos que os pontos fracos
causam na organização.

Visto isso, um fator importante em uma Análise de Mercado é entender a magnitude do comércio. Pois quanto maior o mercado, maior a concorrência. Isso significa que a empresa deve oferecer seus produtos e serviços da melhor qualidade para que se destaquem diante da concorrência, portanto ao se analisar o segmento em que a organização está inserida ela poderá conhecer o que seus concorrentes estão ofertando e seus produtos estão sendo mais rentáveis dos que os seus para então trazer estratégias de resolver estes problemas e ainda com uma qualidade superior aos demais.

Público Alvo

Outro fator de muita importância é o conhecimento do público-alvo, de forma mais qualitativa, conhecer os hábitos de consumo e estilo de vida do seu consumidor, informações para serem mensuradas. Pois conhecendo seu público-alvo poderá idealizar campanhas de marketing e modificar o seu produto para que seja mais atraente aos seus clientes. Consequentemente será mais valioso ao olhar do cliente. Com isso, o ideal é delimitar uma faixa de público que se quer abordar, e a partir daí elaborar questionários e sair às ruas para conversar com essas pessoas.

Obtendo essas informações como  hábitos de consumo, canais de comunicação mais utilizados, dentre outras informações sobre seu público-alvo, facilita para que você construa a sua Buyer Persona. Você pode conhecer um pouco mais sobre definição de persona e seu conceito clicando no link abaixo:

Dificuldades causadas pela ausência de uma análise de mercado

A ausência de um entendimento do contexto geral que a empresa está inserida, pode causar diversos problemas. Contudo, sem essa visão do contexto, a tomada de decisão dos gestores se torna difícil sobre o futuro da organização. Visto que todas as decisões precisam ser pensadas nos impactos que causarão no presente e ainda mais os impactos que podem afetar a continuidade do funcionamento da empresa.

Logo, este desconhecimento do mercado em que a organização está inserida irá fazer com que o gestor tome decisões sem embasamento da realidade da empresa podendo trazer perdas ao seu negócio. Em contrapartid a, sem o conhecimento de seu público-alvo suas campanhas de marketing e seus produtos poderão ser irrelevantes para os consumidores da organização. Isto se da porque eles não se adequam às suas necessidades. Consequentemente, tendem a preferir a concorrência, o que trará grandes prejuízos para o gestor.  Isso pode ser visto em consequências como a diminuição da demanda causada pela alta concorrência. Além disso, também terá desconhecimento das necessidades do mercado e um baixo retorno dos recursos para a divulgação da empresa e do seu respectivo produto.

Com base no que foi dito, você consegue analisar facilmente o mercado em que sua empresa atua? A ADM Soluções tem a solução perfeita para você com nossa Pesquisa de Mercado!

Clique no link abaixo e deixa que nós trazemos todo o embasamento de mercado para sua empresa!

Você sabe o que é Geomarketing?

VOCÊ SABE O QUE É GEOMARKETING?

Como dono de empresa, é comum passar pela cabeça do empresário diversos questionamentos: como meus clientes conhecem meu negócio? De onde os consumidores vêm? Onde devo abrir minha empresa?

A partir de dúvidas como essas, vindos de diversos empreendedores e estudiosos da área de marketing, começou a surgir uma nova forma de olhar para estratégias de marketing: o Geomarketing. Quer entender mais o que é Geomarketing e como ele funciona? Confere neste artigo!

O que é Geomarketing?

O Geomarketing é uma técnica que engloba qualquer estratégia de marketing que trabalhe com inteligência sobre localização para otimizar campanhas, definir local geográfico de atuação da empresa e alcançar o consumidor na hora e local certo.

Dentro da técnica que define o que é Geomarketing, ainda existem diversas variações e subcategorias, incluindo Geotargeting, Geofencing, Geotagging, Geofiltros e muitos outros. Mas para resumir, todos esses tipos têm em comum utilizar dos conhecimentos provindos da geografia (localização) para embasar, de uma maneira mais segura, estratégias de marketing.

Por que utilizar Geomarketing?

A grande vantagem de aplicar o geomarketing, e não apenas as estratégias de marketing tradicionais, é a redução de prejuízos e o aumento do lucro. Vamos a um exemplo.

Você é um aspirante a empreendedor e acabou de ter uma ideia de negócios brilhante: uma loja de calçados personalizados. Essa loja vai funcionar com um atendimento humanizado e a principal proposta é: o cliente visita a loja e passa por uma experiência única, que vai indicar qual o tipo de calçado perfeito para ele ou ela.

Muito bem, a ideia está formada. Agora, começam as indagações: “Quem será o principal público para minha loja? Onde este público está localizado? Qual o melhor ponto para montar minha loja?”.

Para solucionar esses questionamentos, uma das principais soluções é realizar uma pesquisa de mercado, mas não qualquer pesquisa. Uma pesquisa de mercado que utiliza geomarketing!

Utilizar os conhecimentos de localização dentro da pesquisa de mercado vão ajudar a diminuir as margens de erro dos dados gerados e fornecer maiores informações que vão embasar estratégias com maior garantia de ROI (retorno do investimento).

Como o Geomarketing é aplicado na pesquisa de mercado?

Como você pode conferir neste artigo, a pesquisa de mercado é uma ferramenta que possibilita colher dados diretamente com o público-alvo da empresa, e utiliza os dados coletados em informações para entender quais são as maiores oportunidades para o negócio.

O Geomarketing chega para potencializar os resultados de uma pesquisa de mercado, utilizando as variáveis coletadas, como faixa etária, poder aquisitivo e índice de educação, para encontrar o melhor local para abrir uma empresa e descobrir onde o público-alvo estará localizado.

Além disso, utilizando plataformas de Geomarketing, é possível acessar dados que a pesquisa de mercado não consegue coletar sozinha, e cruzar essas informações para gerar análises mais relevantes, como é o caso de fluxo de pessoas, locais movimentados, caminhos percorridos pelos consumidores, entre outros.

Se você tem uma ideia de negócios e precisa entender melhor onde pode localizar sua empresa, qual seu público-alvo e como criar estratégias de marketing para fazer sua empresa crescer, entre em contato com a gente ou faça um diagnóstico gratuito!

Análise Concorrencial

benefícios da análise concorrencial - ADM Soluções
Benefícios da Análise Concorrencial – ADM Soluções

A análise concorrencial tem o intuito de estudar e observar as empresas concorrentes do negócio do cliente, com o objetivo de identificar as inúmeras tendências do mercado e como estão dispostas dentro das empresas, identificando quais os modelos que trazem maior resultado para essas empresas, permitindo que o cliente tenha conhecimentos assertivos para tomada de decisões e principalmente para a estratégia da empresa.

 

Por que sei que preciso de uma Análise Concorrencial?

 

Diante disso, há situações nas quais a empresa está atuando de maneira contínua no mercado, porém muitas vezes sem visão holística e sem perceber as tendências que seus concorrentes estão utilizando. Assim, acaba por limitar-se na sua evolução e, prende-se a influências do próprio negócio, fazendo com que tenha poucas percepções de outras empresas.

 

Benefícios desta análise

 

Uma análise como esta, quando realizada com maestria, traz consigo diversos benefícios, como por exemplo:

1. Visão holística do mercado;
2. Obter conhecimento sobre empresas concorrentes;
3. Reconhecer tendências e aplicações que rendem resultados;
4. Comparação de resultados entre as empresas analisadas e o seu negócio.

◾️ Então, se interessou pelo serviço? Marque já um DIAGNÓSTICO GRATUITO.

 

Cliente Oculto

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Aperfeiçoar o atendimento, conhecer melhor as práticas dos concorrentes ou identificar falhas e oportunidades no seu negócio são alguns dos resultados que esse serviço oferece. Em outras palavras, esse serviço pode ser explicado como uma técnica na qual pesquisadores tornam-se clientes comuns, e identificam diversos fatores, gerando uma análise em cima da qualidade dos serviços prestados pela sua empresa ou pela concorrência.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Por que contratar um serviço de Cliente Oculto?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Um serviço de cliente oculto é extremamente importante por trazer informações de grande valor para a elaboração de novas estratégias. Ou seja, com esse serviço, o gestor da empresa saberá como vai o atendimento da sua loja, como sua equipe reage em relação a situações adversas e até como ele pode melhorar em determinados pontos. Ademais, o mesmo pode avaliar os mesmos fatores citados acima em seus concorrentes, de forma extremamente sigilosa.

 

Benefícios do Cliente Oculto:
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Um serviço de cliente oculto quando realizado com maestria, traz consigo diversos benefícios, como por exemplo:

– Identificar falhas da empresa;
– Melhorar atendimento da empresa;
– Identificar oportunidades no mercado;
– Maior conhecimento dos seus concorrentes;
– Analisar como os membros de uma empresa solucionam obstáculos.

 

◾️ Então, se interessou pelo serviço? Marque já um DIAGNÓSTICO GRATUITO.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Estratégias de Marketing

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

 

As estratégias de marketing servem para aproveitar novas oportunidades e, assim, desenvolver planos de ação para atrair, reter e se relacionar com os clientes aumentando a participação da empresa no mercado. Ademais, elas são elaboradas com base em análises que trazem um melhor conhecimento sobre os clientes da empresa.

 

Por que contratar um serviço de estratégias de marketing?

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Hoje em dia, uma empresa que não se diferencia das outras acaba sendo esquecida ou mal frequentada. Por isso, uma das maiores prioridades das empresas que se consolidam cada vez mais no mercado, é apostar em estratégias para melhorar a experiência dos consumidores.

 

Muitos gestores não tem criatividade para elaborar estratégias para promover a marca, ou para se relacionar com os clientes da empresa, mesmo sendo extremamente importante, e por isso acabam recorrendo as famosas estratégias de marketing.

 

Benefícios da Estratégia de Marketing:

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

As estratégias de marketing quando realizadas com maestria, trazem consigo diversos benefícios, como por exemplo:

1. Fidelizar clientes;
2. Atingir mais potenciais clientes;
3. Aumentar o número de clientes;
4. Melhorar o Marketing da empresa;
5. Melhorar a imagem da organização;
6. Redução do custo de aquisição por clientes.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

◾️ Então, se interessou pelo serviço? Marque já um DIAGNÓSTICO GRATUITO.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

 

Pesquisa de Adesão

 

 

A pesquisa de adesão é um estudo qualitativo para verificar a viabilidade de um negócio, analisando o declínio ou crescimento do mercado e a preferência dos consumidores. Além disso, é feita uma adequação de acordo com as necessidades e objetivos do cliente, seja por teste de design de um novo produto, nova embalagem, conceitos e ou novos serviços para avaliar a receptividade do público-alvo. Em síntese, traz informações sobre o interesse inicial e vantagens e desvantagens.

 

Por que sei que preciso de uma Pesquisa de Adesão?

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Ademais, uma das principais dificuldades enfrentadas nas empresas e que por muitos gestores é considerada um dos principais desafios, quando irão lançar um produto, serviço ou até mesmo abrir um negócio, é saber se os seus clientes ou potenciais clientes têm interesse em aderir ao seu produto/serviço.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Benefícios da Pesquisa de Adesão:

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Uma pesquisa de adesão quando realizada com maestria, traz consigo diversos benefícios, como por exemplo:

1. Expansão do negócio;
2. Compreensão das percepções do consumidor;
3. Verificar o seu diferencial em relação a concorrência;
4. Direcionar e adequar melhor um produto/serviço ao seu público-alvo.

 

◾️ Então, se interessou pelo serviço? Marque já um DIAGNÓSTICO GRATUITO.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀