O que é gestão empresarial

Muito se fala sobre esse tema, mas raramente nós refletimos sobre a necessidade de utilizar práticas da administração em empresas. Será mesmo se para empreender eu preciso saber administrar? Nesse artigo você irá entender de forma clara o que é a gestão empresarial e por quê ela é essencial para qualquer negócio.

O que é gestão empresarial?

Gestão empresarial é um conjunto de estratégias que visam a condução de negócios a melhores resultados. Essa melhoria ocorre partir de ações que englobam a organização de processos, o controle de finanças, a administração dos recursos humanos e materiais de toda a empresa. Isso significa que ser dono do negócio não é o mesmo que ser um gestor de empresa.

Para isso, é necessário saber lidar com as múltiplas áreas da organização, adotando as melhores práticas, indicadores de desempenho e conceitos voltados à sobrevivência, crescimento e expansão dos negócios.

Então, qual a importância da gestão empresarial?

Nós podemos comparar uma empresa com o corpo humano. Do mesmo modo que o corpo humano é formado por diversos sistemas (respiratório, digestivo, dentre outros) e necessita do correto funcionamento de todos eles, a empresa também precisa ser entendida como um corpo em que o mal funcionamento de um sistema pode prejudicar todo o empreendimento. Isso só é possível por meio da gestão empresarial.

Para ir ao encontro de metas definidas, o gestor trabalha para utilizar os recursos da melhor maneira possível. Tudo isto pode ser feito com ajuda de ferramentas e conceitos. Alguns deles são:

– Indicadores de desempenho: Servem para demonstrar os números e as características do negócio para análises;

– Planejamento: é a preparação, organização e estruturação de um determinado objetivo;

– Tecnologia: são utilizadas para potencializar o trabalho realizado;

– Conceitos de administração: são filosofias e formas de administrar ou liderar a empresa.

Qual a função da gestão empresarial?

A gestão empresarial permite ao gestor uma série de benefícios, pois a partir dela ele passa a tomar decisões mais assertivas. Passa a ter uma visão completa e sistêmica do negócio e um melhor uso do capital disponível, resultando em aumento da lucratividade, redução dos custos e elevação da produtividade e eficiência. A gestão inclui a estruturação da empresa (seus processos, equipe, estrutura organizacional), a gestão financeira, o marketing e o ganho de autoridade no mercado.

Tudo isso enquanto o gestor fica responsável por refletir e incorporar estratégias para melhorar os processos da organização e a comunicação entre a equipe. É pensando nessas estratégias que a empresa pode adotar o tipo adequado de gestão empresarial.  Nós podemos dividi-las em vários tipos, como os exemplos:

– Gestão democrática: incentiva que os colaboradores deem opiniões, sugestões e participem ativamente das decisões da empresa.

– Gestão meritocrática: valoriza os profissionais que apresentam mais potencial, empenho e resultados no dia a dia.

– Gestão centralizadora: concentra as decisões nas mãos do líder, com pouco espaço para que a equipe se envolva em atividades estratégicas.

Embora existam outros, os exemplos que citamos acima são os mais conhecidos. Não há aquele que seja melhor do que o outro, pois cada empresa possui uma realidade diferente, sendo necessário analisar cada caso para a escolha do tipo de gestão.

Conseguiu compreender de forma clara o que é gestão empresarial e por quê ela é essencial para qualquer negócio? Deixe um feedback para a gente!

Para falar com um dos nossos consultores, clique aqui e entenda mais sobre gestão empresarial.