O que é Mapeamento de Processos?

Mapeamento de processos é uma técnica para entender de forma clara e simples como uma unidade de negócio está operando. Isso contribui para identificar oportunidades de melhorias nos processos de negócio de uma empresa. Dessa forma, ele é útil para redução de custos e tempo operacional, além de obter uma compreensão maior sobre funcionamento específico de cada procedimento e o porquê de aquilo acontecer. Portanto, mapear essas técnicas ajudam as organizações a serem eficientes e competitivas, independentemente do tamanho delas.

Esse mapeamento pode ser feito para atingir diferentes objetivos, por exemplo, compreender, melhorar, documentar, padronizar e transformar os métodos de sua empresa. Por isso, esses objetivos são usados para entender detalhadamente cada processo que a empresa utiliza, e assim possibilitar a identificação de gargalos, delimitar funções e papéis, prever recursos, estimar custos e mensurar o desempenho do processo.

Identificar gargalos:

O gargalo se refere a algum ponto do processo que não flui bem e atrapalha o andamento do restante do trabalho. Dessa forma, com o mapeamento de processos fica mais fácil identificar onde ele ocorre.

Delimitar funções e papéis: 

Visto isso, o mapeamento de processos não é usado somente para estruturar apenas as atividades que precisam ser executadas, e sim trazer uma relação das pessoas que fazem parte dos processos, seja como responsáveis ou participantes.  Assim, as funções e papéis dentro dos procedimentos ficam mais claras, trazendo transparência, o que é fundamental para que todos entendam como o seu trabalho impacta no trabalho das demais pessoas.

Prever recursos:

Dessa maneira, com um detalhamento maior do processo, fica mais fácil controlar os recursos humanos, financeiros e materiais necessários, para que o desenvolvimento consiga cumprir seu objetivo. Isso, garantirá que não irá faltar insumos dentro da cadeia produtiva, eles podem ser maquinários, softwares e até mesmo os próprios profissionais.

Estimar custos: 

Fato é que todo método gera custo, mas o mapeamento de processos também faz o controle entre as entradas e saídas das atividades. Isso ajuda a  garantir que não aconteça um desequilíbrio no custo-benefício. Afinal, existem processos mais caros que não compensa executar, então cabe a organização  mensurar quanto será gasto com cada um. Caso não esteja de acordo com o orçamento previsto, é necessário trabalhar em melhorias para otimizá-los.

Mensurar o desempenho do processo:

Permite medir como está a saúde do processo, porque possibilita padronização das atividades. Então se cada um executar do seu jeito, os indicadores sofrerão distorções e não refletirão a realidade.

Como identificar se ele é necessário para a empresa?

Logo, se sua empresa tem problemas com controle, monitoramento de processos, demora no atendimento, problemas no estoque, gastos desnecessários, colaboradores ociosos e com baixo desempenho, é necessário realizar um mapeamento de processos.

Depois de entender mais sobre esse assunto super importante para seu negócio, a ADM Soluções pode te ajudar a realizar um mapeamento de processos estratégico e específico, feito com ferramentas como Bizagi, que lhe permite detalhar cada processo.

Para falar com um dos nossos consultores, clique aqui e entenda mais sobre o tema!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.