Mapeamento de processos: o que é?

Certamente, o mapeamento de processos é uma ferramenta para esclarecer o planejamento e gestão, ou seja, descrever de forma visual o fluxo de trabalho.

Portanto, esses mapas apresentam os eventos em série para consequentemente produzir um resultado final.

Além disso, ajudam as organizações a serem mais eficientes e competitivas. Dessa forma, fornecem informações sobre os processos, auxiliando as equipes a discutir e melhora-los. Acima de tudo, transforma e aprofunda essas mudanças.

Objetivo do mapeamento de processos

Em primeiro lugar, o objetivo do mapeamento de processos é identificar gargalos, repetições e atrasos, que consequentemente, estão reduzindo a eficácia e eficiência dos resultados.

Em suma, serão enumerados alguns objetivos dos mapas de processos:

  • Compreender os processos, ou seja, observar como funciona na prática.
  • Melhora-los, para esclarecer e corrigir os erros.
  • Documenta-los, ou seja, realizar a documentação de forma coesa e estruturada.
  • Padroniza-los, certamente garantir que estejam sendo realizados da melhor forma possível.
  • Transforma-los, ou seja, remodelá-los.

Importância do mapeamento de processos

Em segundo lugar, é apresentado a importância do mapeamento de processos para melhoria e transformação dos trabalhos.

  • Identificar os gargalos, ou seja, buscar o ponto onde o processo não flui de forma correta, que consequentemente, atrapalha o restante do trabalho.
  • Delimitar funções, para esclarecer a relação e a importância de cada pessoa que faz parte do processo, da mesma forma trazendo transparência ao processo.
  • Prever recursos, no entanto com o controle dos processos facilita a gestão dos recursos humanos, financeiros e materiais necessários para cumprir o objetivo.
  • Estimar custos, da mesma forma que o anterior, controlando os processos facilita a visualização das entradas e saídas, e ,consequentemente garante equilíbrio nos gastos.
  • Mensurar o desempenho do processo, para esclarecer seria medir a saúde do processo, portanto possibilitar a padronização das atividades para obter um melhor desempenho.

Vantagens do mapeamento de processos

Em terceiro lugar, será apresentado algumas vantagens dos mapas de processos:

  • Padronização dos processos, dessa forma será utilizado técnicas para maximizar os resultados dos processos.
  • Maior controle, no entanto com os processos mapeados, terá uma maior visibilidade das atividades realizadas, e consequentemente um acompanhamento de forma mais simples e estruturada.
  • Otimização dos processos, como resultado os mapas proporcionam redução nos custo e acima de tudo melhorias no desempenho das empresas.

Por que investir em mapeamento de processos?

Certamente, se sua empresa possui dificuldades na organização e controle dos processos, então é uma boa estratégia o investimento em mapas de processos. Pois acima de tudo o grande foco do mapeamento é alinhar, reformular e produzir resultados com mais eficácia para as empresas.

Confira alguns sinais de que sua empresa necessita de mapeamento de processos:

  • Processos desorganizados e desalinhados.
  • Problemas de comunicação entre as equipes.
  • Dificuldade de planejamento.
  • Dificuldades com a tomada de decisões.
  • Limitações para expansão.

Precisa de ajuda para entender mais sobre como aplicar esse conteúdo em sua empresa? Fale com um de nossos consultores! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.